Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2017

Pensamentos!

No teu espelho vejo-me a mim...

Quanto mais fores capaz de acrescentar ou subtrair, assim terás de mim igual ou a multiplicar. Eu aprenderei com tudo o que me ensinares, porque estarás em cada comportamento, até nos aparentemente inocentes. No teu espelho vejo-me a mim e percebo até onde és capaz de ir, por mim ou comigo. Eu sei todas as respostas, até para as perguntas que não me atrevo a fazer. Sei quem és porque conhecer-te é a diferença entre ficar e partir. Eu sei do que és feito e até onde consegues camuflar-te, porque acabas a fazê-lo para te protegeres do que não te deixa confortável.

No teu espelho vejo-me a mim e o que me espera quando me distrair. Não vou sequer poder argumentar que não sabia ou esperava isto ou aquilo, porque tu és claro como água e eu sou, por vezes a razão pela qual sentes que deves esconder-te.

Quando não amamos o bastante. Quando não dançamos as mesmas músicas. Quando nos vemos em primeiro lugar e apenas depois nos recordamos do que nos recorda o outro, acaba por ser apenas uma quest…

O que faz uma mulher apaixonar-se por um homem?

Uiii, agora é que eu vou escrever um verdadeiro tratado sore emoções e relacionamentos. O que faz uma mulher apaixonar-se por um homem? Tantas coisas que até a nós assusta. São muitas e ao mesmo tempo poucas, aparentemente pequenas, quase invisíveis, mas talvez as que nos tocam mais. O que faz uma mulher apaixonar-se por um homem? Então eu vou enumerar algumas, na esperança de que não deixe de lado o que deve estar na linha da frente:

O homem pelo qual nos apaixonaremos tem um olhar que mais nenhum consegue passar. Ele carrega uma energia que nos contagia e provoca descargas eléctricas que não explicamos. Toca-nos de forma segura, mas meiga. Repete as palavras que já ouvimos antes, mas com sons novos e a saberem a um sabor que nos entra, dentro. Tudo nele faz sentido e nós atestamo-lo pela forma como nos sentimos a flutuar. O homem pelo qual nos apaixonaremos sabe umas piadas tolas e faz-nos rir do que nem tem piada. Mas estes são apenas pedaços, pequenos, de tudo o que depois iremos…

A vida é como a escolher viver!

A vida é como a escolher viver. É um facto e não abdico de ser eu mesmo, agora mais do que nunca, porque se não tiver alguém do meu lado, atrás também não ficará certamente!

O crescimento emocional carrega muitas responsabilidades, mas muitas certezas também. Quando já somos nós, de forma inteira e à nossa medida, tudo acaba por se encaixar com uma tão grande naturalidade, que apenas precisamos de nos focar no que importa, o resto fica no lugar certo, no fim da fila.

As incertezas podem até existir e serão inevitáveis no início de qualquer viagem, mas se por ventura se prolongarem demasiado tempo, então as mudanças terão que vir, tal como os cortes e as desistências legítimas. Não podemos permitir que nos deixem os sonhos em suspenso. Merecemos parceiros iguais a nós, com as mesmas vontades e determinação. Querermos alguém apenas porque decidimos que seria quem nos fazia falta, mas sem qualquer suporte ou consistência, não nos poderá deixar completos nem seguros. Todos nós nos enganam…

Tu és a minha mulher misteriosa!

Não sei o que escondes, se é que escondes mesmo alguma coisa, mas sei que não te consigo ler. Eu vejo-te sorrir e até sei quais os sons que te saem da boca, mas pareces deixar sempre mais por dizer e aparentas permanecer num lugar que apenas tu conheces. Tu és a minha mulher misteriosa, nunca te vi de outra forma e mesmo agora, quando julgava já não precisar de te deslindar, continuo o mesmo completo ignorante e tonto apaixonado.

Falo com tantos que falam contigo e nenhum parece saber muito mais. Vejo-te passar a todas as horas, porque te procuro, sempre, nem que seja para te olhar, mas o teu caminhar é sempre seguro e tão sensual, que me deixas, ainda hoje, como sempre me lembro de estar, louco por ti.

Passo as minhas noites a sonhar com o corpo que já toquei, mas que nunca pareço ser capaz de superar porque tu és bem mais do que aguento. Começo os meus dias, a cada dia a achar que ainda te virei a chamar de minha mulher, mas termino cada um com os medos que as noites me trazem.

Est…

Os silêncios magoam sempre mais!

Não saber do que aparentemente sabe o outro. Não entender o que diz quando não diz nada. Não poder respirar da mesma forma, inspirando e expirando, porque o ar enrola-se e atrapalha, deixa os que padecem de mais uma forma de solidão, a sofrer. Em silêncio permanece quem usa esse poder no outro como se de uma arma se tratasse.

Os silêncios magoam sempre mais, porque são palavras sem som. Os silêncios magoam sempremais, porque não permitem respostas às inúmeras perguntas que se deseja fazer. Os silêncios magoam sempre mais, porque reafirmam o estatuto de protecção de que se veste quem não fala.

Os quando e os porquê não se deslindam. Os onde e para quê nem se chegam a vislumbrar. Porque se silenciam os silenciosos? Do que se defendem ou porque atacam dessa forma? A vida é viver e sentir. É rir e chorar. Sentir e adormecer mesmo que sem qualquer emoção. A vida é estar e ter uma posição sobre tudo, não importa qual, nem se será bem aceite. Os que amam e respeitam, nunca votam o outro ao s…

Fazes o favor de amar e pronto?

Será que te estou a pedir muito?
Será que não consigo que me vejas enquanto me olhas?
Será que é assim tão difícil aprenderes a dividir o que nos cabe aos dois?
Será que te faço apenas medo? Então e todo o amor que dizias ter-me, para onde foi?

Fazes o favor de amar e pronto? Não quero que te expliques nem que peças desculpa. Não preciso de recomeces porque eu nunca terminei nada. Só preciso que me incluas, desta vez e para sempre, porque já falámos de nós até à exaustão e já nos lemos de trás para a frente e de pernas para o ar, vezes suficientes.

Tu sabes que sempre que me ouviste correu bem. Eu tenho este dom de saber para que lado podemos realmente ir, talvez porque já por aqui ande há tempo suficiente. Tu até sabes que o que digo faz sentido, até quando te recusas a ouvir-me. Mas o que eu vou sabendo, a cada dia que passa, é que eu sem ti, estou tão vazia e sozinha quanto tu estás sem mim.

Fazes o favor de amar e pronto? Bolas, será que tenho que te forçar ao óbvio? Cresce homem d…

As relações iô-iô!

Começamos, terminamos, gostamos muito e já nem tanto, é uma trabalheira. As relações iô-iô são cada vez mais comuns. Quando os visados se reconciliam, estão no máximo duas semanas sem discutirem, mas quando se separam, sentem saudades, desejo e angústia por estarem sozinhos. Então mas porque é que não resulta? É simples, porque não se amam e sem amor meus amigos, NADA é passível de ser mantido.

E o que é o amor afinal? Ah pois é, não tarda é algo que ficou para lá do século passado, talvez pela altura em que Bell inventou o telefone.

Queremos porque sim, mas avaliamos e analisamos pouco a nossa vontade. Temos que encontrar alguém minimamente parecido e com pontos em comum, de contrário estaremos sempre a navegar em águas demasiado profundas. Procuramos, cada vez mais incessantemente quem nos sirva, mesmo sabendo que à partida não nos servirão de todo, mas o medo da solidão, a necessidade de sermos validados e o apelo da carne enlouquece-nos pela metade e deixa a outra metade sem rumo…

A paixão é tramada!

A paixão levanta-nos ambos os pés do chão, como se ele nem fizesse falta. A paixão mostra-nos caminhos sem qualquer saída, mas vamos assim mesmo, sem nenhum medo, ou com tanto que escolhemos nem pensar. A paixão transforma as noites e prolonga-as até ao limite da nossa resistência. A paixão deixa-nos a relativizar tudo ou a complicar o óbvio, mas como é apenas um estágio e dele evolui-se para o amor, aceitamos que nos consuma até restar tão pouco, que precisaremos de procurar todas as reservas que acumulámos.

A paixão é tramada porque não tem qualquer lógica. Cai-nos no colo e força-nos a carregá-la mesmo que as pernas fraquejem. A paixão é tramada, mas nada a substitui e com ela vem um sabor que vicia. Queríamos todos viver apenas dela, porque mesmo que terminássemos definhados, estaríamos felizes. Nada a supera e depois dela há que ter muita imaginação para que o resto não nos esmoreça.

Somos tão iguais e previsíveis, que bastará um sopro mais intenso para que renunciemos à lógica e …

O homem que me faria falta!

Neste momento da minha vida teria que ser forte, determinado e de bem com a vida. O homem que me faria falta se o procurasse, seria um que me soubesse abraçar, tão forte, que todos os meus problemas se transformassem em pó. O homem que me faria falta saberia sempre o que me dizer e teria paciência para esperar por mim, se eu não fosse logo, se eu não correspondesse de imediato.

Quando chegamos ao lugar para o qual sempre caminhámos, passamos a saber o que nos faz falta e quem nos poderia preencher. Quando já não olhamos para trás e nos focamos no presente, antecipando o futuro, ele chega inevitavelmente. Quando deixamos de nos zangar com o mundo, o tal aparece e sossega-nos a alma. Quando ficamos prontos, recebemos o que nos pertence.

Eu sei que te reconheceria se chegasses. Eu sei, porque até já te sinto, que me trarias a paz que me falta ainda.

O homem que me faria falta saberia como sou e o que faço com o tempo que estendo, de forma determinada, para que venha até mim. O homem que …

Pensamentos!

Agora que vieste...

Agora que vieste, de que forma planeias ficar? Agora que me falas de amor, como planeias demonstrá-lo? Agora que procuras saber de mim, quem sou e o que penso, como vais permitir que te conheça? Agora que o tempo que reclamavas já te pertence, como queres estendê-lo, fazendo-o valer a pena? Sabes que por vezes me consegues enlouquecer com as tuas certezas? Será que tens noção do quanto essa segurança me deixa inseguro?

Eu oiço o bater do teu coração, forte e cheio do amor que me tens. Eu sinto o que estás a sentir, os teus risos sinceros e as gargalhadas descontroladas quando não dominas o que acontece. Eu amo a forma como me sabes amar e preciso, a cada dia mais de ti. Eu abraço-te forte, mas apenas para me certificar de que me queres e estás comigo.

Não tenho que te proteger, mas faço-o para que te concentres em mim. Uso de todo o meu egoísmo quando te afasto dos outros, porque nunca me bastas. Nunca me dás demais e nunca me consegues saciar de ti.

Agora que vieste. Agora que chegast…

Como é que te alimento de mim?

O que faço, diariamente para que nada fique por fazer? Como é que te alimento de mim, sabendo que precisas sempre de me ter?

Lá está a tal da diferença entre o gostar e o amar. Quando amamos, cuidar é tão natural, quanto sermos nós. Quando queremos, mesmo a pessoa que amamos do nosso lado, tal como no início, alimentando o que nos juntou, precisamos de saber do que padece, que sonhos ainda quer concretizar e de que forma podemos ajudar.

Como é que te alimento de mim? Olhando-te, bem dentro e tentando perceber o que te faz falta. Validando-te como a pessoa certa, a que me muda para melhor. Ouvindo-te, mesmo e nunca me distraindo perante o que te importa. Tocando-te como quero ser tocada, fazendo-o de cada vez que estamos juntos e sempre que nos vamos separar. Mantendo-te comigo, o tempo que nos for possível e fazendo por nos manter em tudo o que é nosso, permitindo que esqueças o mundo lá fora.

Como é que te alimento de mim? Alimentando-me eu, primeiro e até que já não precise de mais n…

O que se sente dentro, é poderoso!

Porque é que sei que sou eu?

Porque é que sei que sou eu? Porque nunca tive dúvidas e porque as perdi quando trocámos as primeiras palavras. Apenas eu tenho o poder de te dar o poder que te move e faz com que me ames, assim, como nenhum outro consegue. Porque é que sei que sou eu? Porque te passo o corpo que te enlouquece de desejo e de uma vontade que apenas eu alimento. Porque é que sei que sou eu? Porque sei como te arrepio de cada vez que te olho, tão dentro quanto entras em mim.

Vou ser sempre eu, tu já o percebeste. Vou-te ficar na pele tal como estou no coração desde que me conheceste, e olha quanto tempo se passou já. Vou ser sempre eu porque falamos a mesma língua e gostamos dos mesmos sabores. Vou ser sempre eu porque tu és, para mim igual, o mesmo e da mesma maneira.

O que quer que façamos, eu e tu, tem-nos no horizonte. Eu sei quantas vezes pensas em mim e do que te lembro de cada vez que te lembras de mim. Para onde quer que vamos, eu ou tu, o outro saberá como se imaginar lá. Não queremos diferente …

Ainda sinto a tua boca na minha!

Ainda sinto a tua falta e de tudo o que representavas quando sabias sempre o que dizer e onde estar. Ainda sinto falta da tua boca na minha, beijando-me com alma e um desejo que nos inundava a ambos. Ainda sinto falta de todas as conversas, até das que terminavam mal, mas que assim mesmo fazíamos por prolongar. Ainda sinto falta dos dias que contava para passarem a ser meus, porque depois de os ter vivido, levaste-os, um a um contigo.

Sinto a tua presença como se nunca me tivesse deixado e recordo, passo a passo, tudo o que fomos, dissemos e vivemos. Sinto-te tão próximo, mais do que antes quando me pertencias, porque cruzámos as energias que nenhum de nós parece conseguir desligar. Sinto a tua dor, e até os tempos que matas para me conseguires deixar ir.

Ainda sinto a tua falta, mesmo que saiba que já te deveria ter ido, todo, sem qualquer parte de ti em mim. Tanto que te imaginei. Tantas foram as noites em que corri, até à chuva, para lavar a minha necessidade de te tocar. Os dias p…

Como é que sabes que o amor chegou?

Como é que sabes que o amor chegou? Quais são os sinais e o que os diferenciam de todos os outros? Do que tem que ser feita a outra pessoa para nos mudar? Do que passamos a padecer e que sentimentos nos acompanham depois do amor se instalar? Quem somos afinal para o outro que nos olha e parece ver como mais ninguém consegue?

Eu sei que por vezes é difícil acreditar nele e que será sempre mais fácil duvidar. Mantemo-nos a sonhar, achando após cada sonho, que nunca passará dele. Eu sei que mesmo que se espere pela pessoa certa, quando ela chega não conseguimos entender.

Como é que identificas um ser entre tantos outros que se cruzam contigo? Porque será que, de repente tudo passa a ter uma cor diferente e sons que apenas nós ouvimos? De onde nos vem a vontade, gigantesca e aparentemente indestrutível de percorrer caminhos que não conhecemos?

Como é que sabes que o amor chegou e que não é apenas um desejo mais forte, ou a carência instalada? Tu sabes. Eu sei-o. Sabemos todos, porque nada …

Pensamentos!

O que faz um homem apaixonar-se por uma mulher?

Esta deixou-me a rir a bandas despregadas. Ora então o que faz um homem apaixonar-se por uma mulher? Sei lá eu, nem quero saber, porque se o fizer sem que eu me apaixone de volta, só vai ter trabalho e gasto de energia.

Mas vamos lá ver a coisa da perspectiva, supostamente certa. O que faz com que um homem seapaixone por uma mulher? Ainda me estou a rir, porque no início TUDO parece ser motivo para que se apaixonem. Depois, ai e então chega o depois. Quando os olhos se habituam e o entusiasmo refreia, aí é que a porca torce o rabo. Já sei que não são todos iguais e lá blá blá...

Estou a fazer este post apenas no seguimento do que li e no qual se tentava, na minha opinião em vão, ensinar às mulheres o que fazer para que os homens se apaixonem. Triste e errado. Nós somos de uma forma única cada um de nós e é isso que deve ser visto e gostado, porque se desatarmos a jogar, alguém vai sair a perder e é se não forem todos.

Não existem modelos, apenas pessoas e interesses que poderão ser, …

Os amigos que ficam para trás!

Os amigos que nos vemos incapazes de manter, por vezes são bem mais do que esperávamos. Osamigos que ficam para trás escolheram não continuar, ou escolhemos nós com eles. Os amigos que ficam para trás não voltam a saber de nós nem a perceber como foi que desistimos de os manter.

Por vezes vemos a nossa vida passar de forma tão acelerada, que queremos a todo o custo evitar maiores erros. Nem sempre concordamos com o que nos diz o instinto, talvez porque dar-lhe razão seria desistir sem começar, mas ele sabe como nos direccionar, não importa a distância ou sequer o tempo e sabemos também nós, que acabaremos por lhe dar atenção, mais cedo ou mais tarde. Por vezes queremos apenas pedir desculpas, mas outras sentimos que não adiantará, nem fará sentido.

Acredito agora mais do que antes, que os amigos que ficam para trás poderão nunca ter estado connosco. Foram estando enquanto estar lhes dava jeito e foram oferecendo, migalhas e pedaços que nunca nos poderiam bastar.

Olho para alguns dele…

Pensamentos!

À espera que a espera termine...

À espera que a espera termine e possas começar e recomeçar do mesmo ponto e lugar. À espera que a espera termine e consigas entender o que te passou ao lado, enquanto passavas de forma apressada, querendo o que ainda não te pertencia, porque não tinha como. À espera que a espera termine até o que te ligava ao mundo se quebre e passes a ser apenas tu o elo.

Ninguém questiona a tua força. Ninguém te olha de forma desinteressada ou distraída. Ninguém consegue esquecer-se de que existes, simplesmente porque tu não és esquecível. Mas já ninguém se consegue lembrar do que te fazia sofrer e isso significa que chegou o momento de parares.

Estamos a torcer por ti e sabemos, todos, que saberás quando virar a página e voltar a amar. Estamos à espera de que nos mostres, uma vez mais, que não devemos duvidar das pessoas nem dos sentimentos, porque mesmo que algumas nos desiludam, umas quantas, outras haverá que estarão à altura do que queremos para nós. Estamos atentos a tudo o que dizes e fazes, …

Tanto que nos ensinam e aprendemos sobre relações!

Tanto que nos ensinam e aprendemos sobre relações. Tanto que conseguimos entender quando decidimos estar atentos. Tanto que nos dizem sobre não devermos reservar o melhor de nós aos outros, mas acabamos por ter que o fazer não importa de que forma e por quanto tempo, porque receber alguém na nossa vida força-nos a mudar, a virar e a revirar muito de nós, cedendo no mais pequeno e até no maior. Tanto que nos ensinam e aprendemos sobre relações, mas ainda assim continuamos sem saber nada, ou pelo menos não o bastante.

Pensar, com paz na alma, sobre tudo o que somos e tivemos, porque nos permitimos, é o que nos faz olhar para as relações de forma diferente, nova e renovada. Pensar que nunca será tudo apenas sobre nós e que somos o que fizermos, deixa que o que ainda deambulava, sem destino por aí, se encontre e nos encontremos nós também. Pensar que apenas teremos esta vida para nos recordar e que é nela que devemos viver e reviver o que vale a pena. Pensar que temos que fazer bem mais d…

Podemos falhar!

A necessidade que vamos tendo de esbarrarmos com quem nos possa mudar o Universo, por vezes funciona contra nós, não nos deixando ver para além da imagem que criamos do outro, construindo-o e sentindo-o como não sente "ele"!

Aceitar que falhamos nos julgamentos. Aceitar que nem sempre interpretamos sinais e que ouvimos de forma errada, ou não ouvimos de todo, é o que depois nos magoa verdadeiramente. As relações não terminam quando ainda possíveis de construir e reconstruir. As relações não terminam se nos focarmos no que é essencial e largarmos o acessório, porque ele não conta e não tem força, ou não deveria ter, para abalar tudo o resto.

Podemos falhar e não é nada que nos deva marcar para a vida, ou que faça de nós seres menos capazes. Podemos falhar, mas também devemos, isso sim, começar a acumular a informação importante, usando-a de cada vez que tenhamos que recomeçar. Talvez assim acabemos a reduzir as possibilidades de voltar a falhar.

Vou sabendo sobretudo de mim e …

Chegou a primavera!

Os momentos mais escuros trarão sempre os de maior claridade. Chegou a primavera. Chegaram os dias mais longos, o sol e os cheiros que se entranham. Chegou a vida como gosto de a viver!

Já não tenho mais tempo, nem paciência para a parte cinzenta de mim, cansei-me dela, embrenhei-me no que sou e conheço de mim e reiniciei a filme. Voltei ao ponto em que posso e consigo mudar o final. Dei-me, a mim mesma, mais uma oportunidade.

Quando temos batalhas para travar, lugares onde estar e mudanças que guardámos para os dias mais cinzentos, parte de nós para de se lamentar e aceita que nem sempre se vence, apenas se luta até se saber possível. Desistir não é forçosamente mau, nem sinal de fraqueza, na verdade e falando por mim, há que ser muito forte para se desistir de alguém, porque até se ter a certeza, os medos entram-se tão dentro que receamos nos arrepender para sempre e sem qualquer remédio.

Mesmo que estivesse num lugar que desconhecia, já estou de volta. Mesmo que não soubesse bem p…

Quando encontras quem te faz falta...

Quando estás, na hora certa, muito para além do momento certo e quando encontras quem te faz falta, fazes o que este mundo te exigir e qualquer outro para não a perder. Quando encontras quem te faz falta, sentes que deves tentar de tudo para que nunca te possas arrepender.

Foi assim contigo. Foi assim comigo. Foi assim que me senti quando fui, mesmo capaz de te sentir. Encontrei-te ou fui encontrada, já não sei bem. Já não me lembro, nem sei se importa ou se mudaria alguma coisa. Lembro-me apenas que parecias ser o que me fazia falta e que depois de ti ninguém conseguiu servir-me ou fazer-me olhar, outra vez.

A vida é este vai vem de emoções que ninguém controla e que poucos reconhecem. A vida dá-nos, sempre bem mais do que merecemos receber, porque nada fazemos para que ela faça sentido e nos prove que estamos errados, sobretudo quando recusamos o que deveria ser nosso.

Quando encontras quem te faz falta, e o percebes, sem qualquer dúvida, o que te parecia difícil de explicar passa a…

Pensamentos!

Pensamentos!

O que pretendes fazer agora?

O que achas que consegues fazer com o meu coração, agora que te pertence? Até onde estás disposto a ir agora que já sabes até onde fui para te ter? De que forma podes mudar a forma como me encaixarei na tua vida, se ainda não sabes o que represento? As perguntas surgem aos molhos, cabendo em enormes sacos que enchemos sobretudo de vontade. Vontade de deixarmos de ser apenas nós. Vontade de pararmos de procurar e vontade de sentirmos que nos sentem de igual forma.
O que pretendes fazer agora que já te disse o que quero de ti? O que pretendes fazer agora que parei de me proteger e abri as minhas defesas para ser protegida por ti? O que pretendes fazer agora que já não fujo, nem busco respostas para as perguntas que não tenho como fazer? O que pretendes fazer agora que já te pertenço?
Se fosse fácil amar, amaríamos todos, Se fosse fácil confiar, nunca desconfiaríamos de ninguém. Se fosse fácil entender, nunca nada ficaria por dizer, mesmo que não se dissesse nada. Se fosse fácil mantermo…

Nem sempre amamos no tempo certo!

Por vezes deparamo-nos com escolhas que se revelam bem dolorosas, apenas porque não soubemos como amar e porque na verdade nem sempre amamos no tempo certo. Por vezes adiamos. Esperamos e vamos caminhando, no nosso passo, achando que o outro caminhará no seu até nos reencontramos, mas a realidade consegue ser bem diferente e até cruel para com os indecisos. Por vezes encontramos o que tanto nos fazia falta, mas deixamos ir, escolhemos olhar para o lado e procurar do lado contrário, confiando que podemos confiar em nós.

Nem sempre amamos no tempo certo porque assim o determinamos. Estamos demasiado absorvidos pelos pormenores e o mais importante passa demasiado rápido para que o consigamos ver. Nem sempre amamos no tempo certo porque permitimos que ele nos fuja. Permitimo-nos demasiadas questões sem nunca esperarmos pelas respostas. Mas um dia, sem que o tenhamos pedido, elas chegam, quer estejamos prontos, quer não. Nem sempre amamos no tempo certo por medos que perdem a consistência …

Pensamentos!

Pensamentos!

Um olá pode mudar tudo!

Um olá, por norma, carrega esperança, um olhar novo, ou a certeza de que vimos e fomos vistos!

Por vezes é quanto basta, um olá, aparentemente despreocupado e sem qualquer carga emocional, para ficarmos carregados com tudo e mais alguma coisa, na maioria das vezes o que não nos serve para coisa alguma. Um olá deve ser respondido, mas devemos também reservar-nos alguma cautela, porque de repente e do nada, o simples passa a ser muito complicado.

Quem é que não esbarra com gente que faz do olá a porta para tudo o resto? Quem é que já não percebeu, após as primeiras dez palavras, que o olá não poderia ser muito mais do que isso? Quem é que já não largou um olá, apenas para não ter que dizer muito mais e acabou a dizer demasiado?

A inocência mudou de morada e já não volta, assim sendo é bom que não nos deixamos levar por "olás" aparentemente inocentes, mesmo que não tenhamos que nos munir de todas as armas que guardamos em casa.

Já nada é como antes, e nem um simples cumprimento…

Pensamentos!

Pensamentos!

Queria que viesses!

Esperei tanto e sonhei mais ainda, que viesses, hoje, pelo menos hoje. Queria que viesses porque preciso de te tocar. Preciso de olhar para os olhos que me viam e sabiam quem era. Preciso de parar de precisar de ti assim e simplesmente ter-te. Queria que viesses para me falares ao ouvido, recordando-me de tudo o que ainda recordo de ti.

Fantasiei as respostas a cada uma das perguntas que me farias. Ensaiei a forma como te receberia, sem me dar demasiado, mas sentindo todas as partes do corpo que já me pertenceu. Deixei passar, noite após noite, até que chegasse o dia em que afinal continuei sem te ter.

Queria que viesses para me sossegares de ti. Queria que me mostrasses de que forma, conseguiste deixar-me para trás, porque quem sabe assim não te deixaria também. Queria poder querer-te, sem dramas e sem ter que me justificar.

Quando alguém ama outro alguém, sabe que tudo pode terminar à velocidade que começa, mas tenta, tenta se amar mesmo, prolongar o que o mantém vivo, determinado e…

Pensamentos!

Querer mudar é essencial!

Não nos podemos escudar, indefinidamente na vontade de fazer alguma coisa, sem nunca a fazer realmente. Querer mudar, é mesmo essencial e coloca tudo em perspectiva!

O ser humano é capaz dos feitos mais heróicos. Muda de residência para outros continentes. Faz desportos completamente radicais. Sobe às mais altas montanhas, arriscando a vida. Mergulha nos oceanos mais profundos, mas e lá vamos nós aos "mas", quando se trata de decidir o que fazer com relações "estragadas", rola e rebola e anda atrás do "rabo" como os cães.

Querer mudar é essencial, e faz com que consigamos ver o que está sempre visível, apenas o camuflamos e usamos a nosso belo prazer. Querer mudar facilita cada uma das decisões, por mais difíceis que nos pareçam. Querer mudar faz-nos decifrar o indecifrável e permite-nos repousar o coração castigado.

O maior cego será sempre o que não quer ver e alguns escolhem, mesmo NUNCA ver. Não sei se o fazem por defesa. Por medo, Não sei se o acumul…

Algumas pessoas simplesmente não servem!

Não é presunção. Não se trata de ter a fasquia demasiado alta. O que vamos sabendo, cada vez melhor mais cedo, é que algumas pessoas simplesmente não servem e dessas convém fugir.

Quando estás atenta e deves está-lo no início, percebes as palavras usadas apenas para impressionar. Percebes a informação que vai mudando a cada conversa e de que forma se revelam, bastando que estejas calma e à defesa, mas não demasiado para que não espantes a "caça".

Algumas pessoas simplesmente não servem, porque existem apenas para nos usar e deitar fora. Não é que sejam melhores ou mais experientes, são apenas mais endurecidas e padecem de doses cavalares de mau carácter. Por vezes deixamo-nos rir, mas na verdade é demasiado triste e grave para ser ignorado.

Não tens que passar por muitas, nem sequer ser muito rodada. Tens apenas que não baixar demasiado a guarda e de procurar até os fantasmas que parecem não ter como existir. Se te enganares, melhor, mas certamente que quando o teu instinto …

Pensamentos!

Algumas pontes não se atravessam!

Algumas pontes não se atravessam. Algumas pontes existem apenas para separar lugares e para que possamos determinar os limites, sobretudo os nossos. Algumas pontes não se atravessam, olham-se de longe. Podemos até admirar a construção, mas sabemos, como sabem os que conhecem cada um dos lugares por onde já andaram, que nunca deverão ser pisadas, muito menos atravessadas.

Desde que ficaste do lado de lá da nossa ponte, a que apenas nos pertence pela metade, que não parecemos capazes de sequer começar. Eu vou olhando para ti, a cada dia mais longe e tu olhas, não sei muito bem para onde, porque decididamente não estás a olhar para mim.

Poderíamos ter combinado um encontro bem no meio e cada um faria a sua parte, caminhando apenas os passos que nos levariam até ao outro. Poderíamos, mas não o fizemos, nem eu enquanto te ouvia dizer que estavas pronto para partir, nem mesmo tu enquanto me vias recuar, incrédula, para o lugar que não voltei a pisar.

Algumas pontes não se atravessam, porque …

Todos nós nos apaixonamos, um dia...

É tão certo quanto será adormecermos e acordarmos, que todos nós nos apaixonamos, um dia. Podemos até nem saber porquê ou como, mas saberemos quando acontece, porque depois de estarmos apaixonados, nada volta a ser igual. Os sabores que nem provávamos, de repente fazem-nos prestar atenção e arriscar. Quando nos apaixonamos o apetite vai-se, a comida enrola-se e sabermos do outro passa a ser o que conta e importa.

Todos nós nos apaixonamos, um dia, de forma certa ou errada, mas isso apenas saberemos com o tempo. Todos nós nos apaixonamos, um dia, que até pode ser chuvoso e cinzento, mas que passará a fazer sentido mal chegue quem nos dará sentido à vida.

Comecei por estar apaixonada por ti, mas depressa percebi que depois da paixão se instalaria o amor que ainda te tenho. Nem todos conseguem evoluir e passar a ver para além das borboletas na barriga. nem todos vivem sem o novo e o que força o mar a encher quando deveria vazar. Nem todos chegam a saber o que significa amar, porque vivem…

O amor não provoca desconforto!

Quando o que sentes também é sentido pelo outro. Quando o que tens também faz parte de tudo o que compõe o outro. Quando o que dás é recebido e multiplicado pelo outro, então é mesmo amor e o amor não provoca desconforto!

Nunca se deve sentir medo de mostrar quem somos, porque é daí que vem o retorno, o que nos enche e preenche. Se estivermos em bicos de pés, e com luvas, calçadas todo o tempo, metade do que és perde-se e deixa de valer a pena.

Gosto de ver os casais que se olham, mesmo, já não precisando de dizer muito, porque nunca se refrearam de dizer o que lhes faria falta mais tarde. Gosto da cumplicidade e da entrega como se fossem apenas um, mesmo que serem diferentes e únicos só lhes acrescente e melhore. Gosto da segurança que se passam, porque entendem que enquanto se amarem, nada nem ninguém terá lugar. Gosto que gostem de se mostrar, porque será por eles e com eles que saberemos o que nos serve.

O amor não provoca desconforto, não mesmo, nem poderia, de contrário não seri…

Pensamentos!

As minhas cartas!

Olá a ti,

Sabes sempre quando é que me dirijo a ti. Sabes porque conheces cada uma das minhas palavras e elas fazem o sentido que já lhes demos os dois. Olá, porque quero apenas saber de ti. Quero a certeza de que estás bem, mesmo que tão longe de mim. Preciso de te ouvir porque apenas assim me tranquilizo. A tua voz carrega as preocupações, os medos e o prazer que um dia, há muito tempo atrás, apenas eu te passava. Olá depois de tantos que usei, mas que agora substituí por longos adeus.

As minhas cartas são sempre para ti, porque apenas do teu lado me chega a vontade de escrever. Asminhas cartas levam o que não encontro forma de dizer, por medo, por falta de tempo e por não te querer massacrar. As minhas cartas levam as lágrimas que nunca derramo quando te falo. As minhas cartas são tudo o que sou, por dentro, porque por fora apenas funciono de forma mecânica, mesmo que sempre segura.

Por vezes "grito" que não quero saber de ti e que não me importo com o que fazes e dizes. …

Sentimentos que misturamos!

Um dia estamos prontos para parar. No outro imediatamente a seguir, as dúvidas instalam-se e nada do que parecia fazer sentido, o faz realmente.

Quando temos sentimentos que misturamos, no que somos, no que queremos e no que acontece realmente, nada do que parecia natural o é mesmo. Os sentimentos que são fortes, até os que não acreditávamos conseguir ter, voltam, uma e outra vez para testar a nossa vontade e segurança. Ossentimentos que misturamos numa mistura que nem mesmo nós entendemos, são talvez o reflexo de tudo o que ainda não somos capazes de largar.

Estou tranquilamente envolta em toda a pressa que sinto quando te sinto mais próximo. Estou ansiosamente desesperada por te voltar a ter e falar do que falávamos. Estou a precisar da música mais calma, aquela em que envolvíamos os nossos corpos sem qualquer vontade de parar, porque eles reconhecem-se. Estou com tanta vontade de ti, como estava ontem e em todos os outros antes do agora que sobrou.

Sentimentos que misturamos quando…

Pensamentos!

Pensamentos!

Pensamentos!

Não importa o que sentes...

Não importa o que sentes nem de que forma, o que vai sempre importar e cada vez mais, é o que consegues fazer do que sentes!

Alguns de nós terão sempre como destino falhar. Alguns de nós poderão apenas desejar, mesmo que muito, mas nunca poderão ter. Alguns de nós deambularão por este mundo, à espera que outro chegue e se encaixem. Alguns de nós serão tão diferentes quanto é a diferença que os afasta, inevitavelmente de todos os outros.

Não importa o que sentes, se sentir não chega. Não importa o que sentes e alguém te irá lembrar disso mesmo um dia. Não importa o que sentes, nem que música cantes, porque a letra será diferente e não tocará quem a escutar.

Por vezes, nos dias bons, sentirás que não é assim tão mau. Já noutros, o desgaste a que te obrigas, obrigar-te-á a desistir de seres sempre e apenas tu. Por vezes conseguirás dançar a tua tristeza para bem longe, movendo o teu corpo como mais ninguém parece conseguir. Por vezes, o lado de cá, o da tua vida, perderá o brilho até quan…

Amar é como tu decidires!

Amar não tem apenas uma versão. Amar não se explica e é bom que nem se tente. Amar é a máxima representação daquilo que conseguimos ser. Amar é como tu decidires quando te sentires capaz!

Ninguém está fora do nosso alcance, mesmo que distante, física e emocionalmente. Ninguém pode ou deve ser descartado, porque o tal do amor chega quando menos se espera e ocupa o corpo de quem nunca vimos. Ninguém ama apenas porque não tem nada melhor para fazer e acredita, mesmo, tal como faço eu, que os que amam são os excepcionais.

Amar é como tu decidires, na tua forma própria, que ninguém copia ou repete. Amar, de cada vez que ames, vai levar-te mais longe, e mais rápido que qualquer avião supersónico e ainda assim trazer-te de volta. Amar também se tenta, uma e outra vez, até que encontremos quem seja capaz de amar na mesma proporção e durante o mesmo tempo. Amar é como tu decidires durante o tempo que fores capaz...